terça-feira, 1 de abril de 2008

Leite Materno

O leite materno é um alimento indispensável para o bom desenvolvimento do bebê.
Pela natureza dos fatos a mulher, no período gestacional, prepara seu leite para com exclusividade levar ao bebê todos os componentes fisiológicos necessário para o bom desenvolvimento dos sistemas internos. Dentro da composição do leite, além das proteínas, vitaminas e minerais, encontramos grande quantidade de lactobacillus vivos para o desenvolvimento do sistema digestório. São eles que irão proteger o intestino e impedir o crescimento de microorganismos patológicos e desenvolvimento de infecções intestinais. Outros elementos importantes são as imunoglobulinas, que popularmente conhecemos como o “exército do corpo” (sistema imunológico), responsável pela organização dos “soldados” e defesa do organismo. Esses dois elementos são encontrados no colostro, líquido amarelo e viscoso que é liberado nos primeiros dias da amamentação. Ele é fundamental para a eliminação do mecônio (primeiras fezes muito escuras) e ajuda a evitar a icterícia. A amamentação exclusiva até o sexto mês é de grande importância para o desenvolvimento fisiológico do bebê. O leite materno durante este período vai repor todos os nutrientes e vitaminas necessárias para saúde da criança.

Durante a fase de amamentação, a mãe deve evitar consumir alguns alimentos para que o sabor do leite não seja alterado. É nesse período que o paladar da criança começa a se desenvolver. Existem alimentos que possuem características abióticas, ou seja, não trazem benefícios à saúde do homem como: açúcar, café, condimentos, doces, refrigerantes, produtos enlatados. Durante a amamentação eles devem ser evitados. Também é bom que a mãe evite alimentos como hortelã, alho, cebola e pimenta em demasia para que o sabor do leite não altere.
O leite materno além de levar ao bebê todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento da criança, traz consigo maior segurança para sua criação e o amor materno. Não existe qualquer outro mamífero que possa substituir este nutriente para o ser humano.

Josiane Rosa
Nutricionista
(041) 8842.2608
Jô_lunar@onda.com.br

2 comentários:

Yanna disse...

Muito interessante o artigo, mas as pessoas falam em "leite fraco". Isso existe ou é mito? Toda mulher tem leite "forte" o suficiente? Muito obrigada.
Yanna

Josi disse...

Boa Tarde Yanna. Leite fraco é mito. Toda mulher produz o leite ideal para seu filho, com todos os "ingredientes" necessários para um bom desenvolvimento do bebê. Quando o leite não é produzido em quantidade necessária, sugere que a mãe estimule a sucção mamária mais vezes ao dia.Atualmente encontramos mães que amamentam seus filhos adotivos. Espero ter respondido sua pergunta.
Um abraço
Josiane Rosa